WordPress lança a versão 4.7, veja as novidades

No último dia 06 de dezembro de 2016, o WordPress lançou uma nova versão 4.7 do seu CMS. Com o codinome “Vaughan” em honra ao lendário vocalista de Jazz Sarah Sassy Vaughan, a atualização já está disponível no painel de atualizações e se se encontra no site oficial do WordPress Brasil.

Abaixo, vou citar somente as novidades desta versão, para quem ainda não atualizou e está com dúvidas do que realmente há de novo na versão 4.7 do WordPress.org. Bom, vamos lá!

Apresentação do novo tema Twenty Seventeen

Há muito tempo o WordPress traz em sua bagagem os temas padrões para deixar o usuário mais familiarizado, e deram uma repaginada no Tema padrão. Desta vez, o tema está direcionado à sites e portais de negócios e vêm com uma página inicial personalizada com várias seções. Agora o tema pode ser personalizado nas seções com Widgets, navegação, logotipos, cores personalizadas e muito mais. Além disso, o tema do Twenty Seventeen vem totalmente adaptado para dispositivos móveis e mais ágil para atender um grande número de usuários.

Mais melhorias no Personalizar

Nesta versão, havia mesmo de se esperar mais melhorias no recurso de personalização de temas em tempo real. Desta vez, além da rapidez para editar os temas em tempo real com edições ininterruptas fazendo com que o usuário não perca uma edição. Agora o recurso atende também a inserção de widgets e vários outros tipos de informações, desde ícones à imagens do header com mais precisão. Foram colocados ícones para destacar os atalhos, onde mostra cada seção do seu site; Agora você pode, também, colocar além de fotos no cabeçalho do site, a atualização do WordPress permite a inserção de pequenos vídeos, para dar mais elegância ao conteúdo do seu site. Bacana né?!

Além das melhorias do Personalizar mencionadas acima, agora o painel disponibiliza uma página para inserção de códigos CSS personalizados, onde, antes iríamos direto no arquivo styles.css do nosso tema e editávamos os estilos a nosso gosto e quando por acaso realizamos uma atualização do tema atual, as alterações eram descartadas, gerando muita dor de cabeça. Agora com as CSS personalizadas, mesmo com o tema atualizado, as alterações serão mantidas!

Outras duas alterações mais simples, porém importantes, são as pré-visualizações de arquivos PDF, onde não tinha como ver uma preview do arquivo e o painel de configurações conta com um selecionador de idiomas! Isso mesmo, antes teríamos que instalar um plugin de idiomas para poder traduzir o painel do WordPress né? Agora são será mais preciso, contamos com um recurso nativo, onde apenas a parte de administração de será traduzida. Para traduzir o conteúdo do site, é claro, precisamos instalar um plugin.

Melhorias no editor de postagens

O editor de postagem é onde a maioria dos proprietários de sites passam a maior parte do seu tempo criando conteúdos. Cada versão do WordPress traz aprimoramentos e recursos para o editor post.

WordPress 4.7 fará algumas mudanças sutis, mas importantes para o editor. O menu seletor de parágrafo e cabeçalho agora aparecerá na barra superior. O botão sublinhado e justificar texto foi removido.

Os usuários também serão capazes de usar os atalhos de teclado.

Implantação de Endpoints de conteúdo com API REST

Bom.. essa é uma grande atualização, não sei informar com precisão se realmente vai ser satisfatório ou se é apenas uma grande brecha de segurança, porém deixo aberto uma discussão sadia sobre este novo recurso do WordPress: A implantação de End-points com a API REST.

Basicamente, cada função do WordPress agora possuí um terminal, um endereço, onde pode ser acessado por qualquer sistema ou site através de Tokens e senhas, para obter acesso a comentários, posts, imagens, configurações, termos, usuários e metas.

Com isso, o CMS se torna mais acessível e completo para que seja integrado com qualquer sistema que entenda as normas e use a API REST da web. Como por exemplo, podemos integrar um site dinâmico sem uso do WordPress em tempo real com o CMS para trazer comentários feitos, últimas postagens feitas, imagens e qualquer outra informação publicada. Para nós desenvolvedores, basta estudar esse novo recurso que está disponível para estudo neste link: https://developer.wordpress.org/rest-api/reference/ e já pode fazer alguns testes!

E aí, o que achou da implementação da API REST? Deixe sua opinião!

Até a próxima!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *