A política e Internet

Para as próximas eleições do 2010 o congresso aprovou a reforma eleitoral sem restrições à internet no período de campanhas eleitorais. Os parlamentares aprovaram emenda que libera a atuação de sites jornalísticos, blogs e redes sociais durante as campanhas. Há apenas a proibição do anonimato aos jornalistas e a garantia de direito de resposta aos candidatos que se sentirem ofendidos. Os sites também podem realizar debates entre os candidatos sem as regras aplicadas às rádios e televisões.

Finalizadas as eleições dos EUA, Barack Obama, mudou a forma de fazer política em todo o mundo. Obama usou todos os recursos que oferece a Internet para alcançar o consumidor on-line:

  • estratégia em redes sociais
  • plataformas colaborativas
  • marketing em motores de busca
  • marketing por e-mail
  • captação de fundos  

Planejar a atuação do candidato nas redes sociais requer planejamento e conhecimento. Palavras como  links patrocinados, publicidade online, propaganda online, mobile marketing, marketing móvel, otimização de sites, seo, blogs, anunciar na internet, adwords, redes sociais, impactos, blogs, etc… vão ser comuns nessas eleições.

No Brasil, o efeito Obama já fez com que vários parlamentares estejam adotando as redes e blogs como canal de relacionamento, estratégia que certamente ganhará muito peso nas próximas eleições. 

Game is on!!!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *